«

»

ago 12

Brasília na rota dos grandes eventos esportivos

Depois da Gymnasiade e da Copa do Mundo, capital federal concorre para ser sede dos Jogos Escolares da Juventude de 2015

9b85c529a607f36e1546d676591c2e81_XLDepois de sediar a Copa do Mundo de 2014, Brasília concorre para ser a sede dos Jogos Escolares da Juventude de 2015 para alunos entre 15 e 17 anos. A competição nacional, conhecida anteriormente como Olimpíadas Escolares, reúne cerca de 5 mil atletas de instituições da rede de ensino pública e privada de todo o país.

“Nossa candidatura é muito forte. Por tudo o que a capital tem feito na área esportiva, temos plenas condições de receber mais esse importante evento”, analisou o secretário de Esporte do DF, Célio René. A capital federal concorre com Fortaleza e Cuiabá. A decisão será anunciada no início do ano que vem, após o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) – órgão que atua no desenvolvimento dos esportes olímpicos no Brasil – fazer visitas às cidades candidatas, previstas para o último trimestre de 2014. “Também faremos visitas às instalações. Nós não solicitamos a construção de novos equipamentos, e sim o melhor aproveitamento do que já está disponível”, ressaltou Edgar Hubner, gerente-geral dos Jogos Escolares da Juventude.

EXPECTATIVA – A possibilidade de sediar os Jogos Escolares da Juventude em 2015 anima os atletas da cidade. É o caso de Matheus Lucas Dias de Oliveira, 17 anos, aluno do Centro Educacional 123, de Samambaia. Tricampeão de handebol dos Jogos Escolares do DF, ele sonha em conquistar em Brasília o título que não conseguiu na edição nacional. “Jogando em casa e tendo o apoio da torcida, aumentam as nossas chances”, afirmou.

O jovem estudante explica a importância de participar dos Jogos Escolares da Juventude. “É uma experiência ótima. Podemos competir com atletas de outro nível. Aprendemos muito, viajamos e, quando voltamos para Brasília, passamos isso para os jogadores daqui”, revelou.

A cidade será beneficiada de diversas formas caso seja escolhida para sediar os Jogos Escolares da Juventude. Para o secretário de Educação, Marcelo Aguiar, além do impacto econômico nos setores de Hotelaria e Alimentação, a capital receberá milhares de jovens para conhecer e admirar suas atrações turísticas e o seu modo de vida. “Será, também, uma oportunidade para a rede pública de ensino incentivar e ampliar a prática desportiva entre os alunos”, explicou.

Brasília possui um extenso calendário de eventos para os próximos anos. Nele, estão incluídos os Jogos Olímpicos de 2016, com a realização de partidas de futebol masculino e feminino no Estádio Mané Garrincha. Também está na agenda a Universíade 2019, a maior competição esportiva universitária do mundo.

GYMNASIADE- Brasília tem tudo para sediar os Jogos Escolares da Juventude de 2015 por já ter recebido eventos com grande participação de estudantes. Entre os dias 28 de novembro e 3 de dezembro do ano passado, 1,7 mil atletas de 35 países, com idades entre 14 e 17 anos, participaram das Olimpíadas Mundiais Escolares Gymnasiade. Eles competiram em oito modalidades: atletismo, ginásticas aeróbica, artística e rítmica, natação, judô, caratê e xadrez.

(A.F./C.C*)

Fonte: Agência Brasília

Página inicial