Brazlândia será beneficiada com R$ 10 milhões, para a construção da Promotoria do Ministério Público do DF

Bancada consegue R$ 196 milhões para o DF

Bancada-do-DF-na-CâmaraCom a aprovação do Orçamento Geral da União de 2014, na madrugada de ontem (18), no Congresso Nacional, já se pode saber o que a bancada do Distrito Federal conseguiu através de suas emendas. “Os oito deputados federais e os três senadores do DF conseguiram R$ 196.274.829,00”, informou o coordenador da bancada, deputado Luiz Pitiman (PSDB).

Desses R$ 196 milhões conseguidos, através de emendas ao Orçamento, coube à rede de hospitais Sarah Kubitschek R$ 22 milhões; R$ 17,2 milhões à Universidade de Brasília; R$ 13 milhões ao Instituto Federal de Brasília (IFB) e R$ 15 milhões para a Escola de Música de Brasília.

Também foram contemplados a Embrapa, com R$ 7 milhões; o Ministério Público do DF, com R$ 10 milhões, para a construção da Promotoria de Brazlândia; a Secretaria de Segurança, com R$ 19 milhões, para a construção da nova sede do Instituto Médico Legal (IML) e a Secretaria de Educação, R$ 13 milhões, para a aquisição de ônibus escolares e mais R$ 11 milhões para a construção e ampliação de salas de aula e Escolas Parques na rede de ensino.

A Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno – RIDE, será beneficiada com R$ 15 milhões, para a realização de projetos urbanos integrados. O Parque Olhos D’Água, na Asa Norte, vai ganhar R$ 15 milhões, para obras de drenagem e manejo de águas pluviais.

Na área cultural foram contempladas a reforma do Teatro Nacional, com R$ 6 milhões e a modernização do Espaço Funarte, com R$ 6 milhões. Para a construção de um Centro de Referência ao Idoso, o GDF vai receber R$ 12 milhões e, para a urbanização do Sol Nascente, na região administração de Ceilândia, serão destinados R$ 15 milhões.

Fonte: Donny Silva

Página inicial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *