GILMAR EMITIU MENSAGEM PARA ARRUDA RENUNCIAR À CANDIDATURA ATÉ SEXTA

gilmar (1)O clima nos dois tribunais – STJ e TSE – é contra José Roberto Arruda. Até diria: é hostil. Acredita-se que o ministro Gilmar Mendes pediu vistas do processo durante o julgamento – válida até a próxima sexta-feira – para dar tempo ao candidato do PR tomar uma posição definitiva até o dia 15. Abriu uma porta para Arruda sair.
A posição é: se continua na disputa do cargo e arrosta todas as consequências de ter uma eventual registro de sua eleição derrubado por via judicial, ou renúncia em prol de um outro candidato, ou se desiste da candidatura.
Nos meios advocatícios e judiciários aposta-se que Arruda, sem mais qualquer espaço, pedirá para sair. Todas as portas estão fechadas para ele. O Supremo, se recorrido, irá desconhecer a ação por não ser matéria constitucional.
Ainda esses meios forenses, sente-se em conversas blindadas que Arruda colhe adversidades porque também por ter mexido com o corporativismo. Só obteve ontem o voto do relator Napoleão Nunes Maia Filho que o relator de seu recurso no STJ não gosta do juiz Alvaro Ciarlini, da 2a.Vara da Fazenda Pública.
Outro detalhe que funciona a desfavor de Arruda é que seu principal advogado, José Eduardo Alckmin, é respeitado mas considerado muito sério e não serve para essa causa com meandros subjetivos. Não faz relações públicas. Não desfila nos tapetes vermelhos dos tribunais como outros colegas, fazendo visitas. Não faz, enfim, os chamados ” embargos auriculares”.
Arruda, por fim, e tido por arrogante, e envolve toda a sociedade numa epopeia pessoal de resgate do que julga ser a sua verdade. Porém, as sentenças lavradas são no sentido de que está enquadrado na Lei da Ficha Limpa como um caso típico de aplicação prática em casos que estão sendo examinados em todos os estados r que precisavam de uma referência nacional.
Agora, Arruda é referência. Passa a ser o simbolo do mal que faz a um político prevaricar no exercício de um cargo público.

Fonte: Carta Polis

Página inicial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *