Liderança significa assumir seus desastres

Coisas ruins acontecem em todas as empresas. Não importa de quem é a culpa, você precisa assumir a responsabilidade

Quando acontecem uma crise e sua empresa é responsável, qual o seu primeiro passo? Se você pensa que é empurrar a culpa para terceiros, você está errado.

Lauren Leader-Chivée, assessor de empresas sobre questões de liderança, afirma que, como CEO ou líder, você precisa assumir os problemas quando eles acontecem – seja você o culpado ou não.

Um estudo feito por Leader-Chivée examinou os intangíveis da liderança, as maneiras pelas quais os CEOs mostram as suas capacidades de liderança e seu poder de influenciar os funcionários.

O estudo descobriu que os líderes precisam possuir 3 características para serem vistos como verdadeiros líderes.

Primeiro, eles devem manter a calma sob pressão. A capacidade de manter a calma e a cabeça fria em qualquer crise é fundamental para a credibilidade do líder.

Mas a mesma pesquisa descobriu que os líderes devem ser guiados por um conjunto claro de valores que os definem. Finalmente, eles devem ter integridade e sinceridade.

O estudo deixa claro que, enquanto as crises são inevitáveis, os líderes são feitos pela maneira com que lidam com ela.

Um bom exemplo de um líder ser criado por conta de uma crise é a da CEO da General Motors, Maria Barra, que assumiu a responsabilidade pelo recall de 1,6 milhões de carros da empresa devido a um interruptor de ignição com defeito.

Esses carros foram responsáveis por 26 mortes.

Ao assumir a responsabilidade, demonstrando seus valores e falando de forma honesta e sem rodeios, Barra mostrou o quanto era forte, e não uma líder fraca. Se ela não tivesse feito isso, ou simplesmente culpado os outros, ela teria enfrentado uma enxurrada de críticas.

A lição aqui é que os líderes precisam se sacrificar pela empresa e seus funcionários. Se você é um líder, seu trabalho é tomar posse de tudo que a sua empresa faz – seja bom ou ruim.

Este artigo foi adaptado do original, “Real Leadership Means Owning Your Disasters”, da Inc.

Por Enrico Cardoso
Fonte: Jornal do Empreendedor

Página inicial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *