«

»

jan 21

Novos administradores regionais são apresentados

Governador também expôs proposta de mudanças nas regiões administrativas

Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Os nomes dos administradores regionais do Distrito Federal foram anunciados pelo governador Rodrigo Rollemberg, na tarde desta terça-feira. Alguns acumulam mais de uma região, e outros ainda são interinos. Durante a solenidade, o chefe do Executivo também apresentou mudanças que deverão ser feitas nas administrações regionais, dando continuidade às medidas de contenção de gastos. As alterações precisam ser encaminhadas à Câmara Legislativa do DF em forma de projeto de lei, o que deve ser feito quando a casa retomar as atividades. Caso seja aprovado, as administrações passam de 31 para 25, conforme prometido pelo governador durante campanha eleitoral.

Durante a solenidade no Palácio do Buriti, o governador anunciou a proposta de 25 administrações regionais e 24 nomes. Isso porque Eduardo Rodrigues assume duas regiões: Itapoã e Paranoá. Já Vilson de Oliveira foi apresentado como futuro administrador de Ceilândia Norte, nova região a ser criada pelo projeto de lei enviado à CLDF, com as devidas especificações e limitações territoriais. Por enquanto, Renato Santana assume interinamente toda a cidade.

Pelo projeto, as regiões administrativas Núcleo Bandeirante, Candangolândia e Park Way passam a responder em uma única administração, que começa a atender por Núcleo Pioneiro. Já Cruzeiro, Sudoeste e Octogonal serão outra administração. O Lago Sul passa a englobar o Jardim Botânico, enquanto o Lago Norte se junta ao Varjão. A Fercal passa a pertencer à administração de Sobradinho II, e a SCIA à da Estrutural.

Tanto para as mudanças como para a escolha dos nomes, o governador afirmou ter ouvido a população para as definições. “Nós fizemos um processo de ouvir as comunidades, as lideranças das cidades, para buscar efetivamente o apoio delas. O resultado final é positivo”, avalia. Ainda nesta semana, a equipe de administradores se reúne com o governador para afinar as prioridades e estratégias do governo. Um dos pedidos de Rollemberg é que eles estejam em maior sintonia com os diretores regionais de ensino e saúde.

Extinção de cargos
O governador aproveitou ainda para anunciar outra alteração, desta vez nas folhas de pagamentos das administrações e com influência direta para os quadros da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. O governo extinguiu 3.137 cargos comissionados, enquanto criou outros 1.827, o que representa redução de 1.310 cargos. A medida possibilita economia de R$ 1,5 milhão por mês. Essas alterações serão publicadas em um decreto na edição de amanhã (21) do Diário Oficial do Distrito Federal.

Para os órgãos da segurança pública, na prática, servidores que exerciam funções administrativas retomam posição nas ruas. A Polícia Militar ganha 400 homens para retorno às rondas e trabalhos externos, enquanto o Corpo de Bombeiros passa a contar com mais 50 agentes. As gratificações liberadas nas administrações regionais permitirão contratar civis para as funções na Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade) e trabalhos burocráticos.

Conselhos Comunitários
Rodrigo Rollemberg ainda garantiu a regulamentação dos Conselhos de Representantes Comunitários, em cumprimento à Lei Orgânica do DF. “Eles terão papel importante para definir melhor o modelo de eleição direta para as administrações regionais”, disse. Os pleitos com participação direta das comunidades devem acontecer, de acordo com o chefe do Executivo, tão logo estejam prontos o arcabouço jurídico e legal.

Veja quem assume as regiões administrativas:
– Administrador interino do SCIA/ Estrutural: Evanildo da Silva Macedo Santos
– Administradora interina de Vicente Pires: Maria Celeste Rego Liporoni
– Administradora interina de Planaltina: Dinalva Cantallopes Sastre Ferreira
– Administrador do Riacho Fundo I: Irany Domingos Gomes
– Administrador do Recanto das Emas: Fábio Viana Ávila
– Administrador do Lago Norte e interino do Varjão: Marcos Woortman
– Administradora do Gama: Maria Antônia Rodrigues Magalhães
– Administrador de Santa Maria: Neri do Brasil
– Administrador de São Sebastião: Jean Duarte de Carvalho
– Administrador de Brazlândia: André Luis Queiroz Rosa
– Administrador de Samambaia: Claudeci Xavier de Miranda
– Administrador de Taguatinga: Ricardo Lustosa Jacobina
– Administrador de Sobradinho I: Divino de Oliveira Sales
– Administrador de Sobradinho II e interino da Fercal: Estevão Souza dos Reis
– Administrador do Riacho Fundo II: Francisco Vicemar Medeiros
– Administrador da Candangolândia e interino do Park Way: Roosvelt Vilela Pires
– Administradora de Águas Claras: Patrícia Veiga Fleury de Matos
– Administrador interino do Guará e do SIA: Edberto Silva
– Administrador interino do Paranoá e Itapoã: Eduardo Rodrigues
– Administrador interino de Brasília: Igor Tokarski
– Administrador do Sudoeste/Octogonal e interino do Cruzeiro: Paulo Feitosa
– Administrador do Lago Sul e interino do Jardim Botânico: Aldemir Chaves Paraguassu
– Administrador interino de Ceilândia: Renato Santana
– Administrador de Ceilândia Norte: Vilson José de Oliveira

Fonte: Agência Brasília

Página inicial