«

»

out 15

Obras do Balneário Veredinha em Brazlândia está prevista para ter inicio no final deste mês

Balneário Veredinha - Vista aérea - Por Iderlon Calasancio

Balneário Veredinha – Vista aérea – Por Iderlon Calasancio

_DSC4943

Administrador de Brazlândia Bolivar Rocha e os representantes da empresa Coss Construções vencedora do processo licitatório para construção do Balneário Veredinha – Foto Antônio Marques

Uma boa noticia aos moradores de Brazlândia. Nesta segunda-feira (14), o Administrador de Brazlândia Bolivar Rocha recebeu representantes da empresa Coss Construções vencedora do processo licitatório do Balneário Veredinha, que foi publicado no dia 19 de setembro no Diário Oficial do Distrito Federal.

Os representantes vieram acertas detalhes com o gestor da cidade para o início da obra, que é esperada há mais de 20 anos pela comunidade. Até o final deste mês, a população vai poder contemplar o início das obras, que começará pelo antigo salão comunitário.

O espaço vai contar com espelho d’água, mirante, lanchonetes, churrasqueiras, campo de futebol sintético, quadras poliesportivas cobertas, salão de eventos, centro de convivência, pontos de encontros comunitários e muito mais.

A reforma do Balneário foi um compromisso de campanha do então governador Agnelo Queiroz, que está realizando o desejo da população de Brazlândia, que há anos sonham com o espaço revitalizado. A reivindicação da comunidade já dura mais de duas décadas, o espaço faz parte da história da cidade.

O Administrador de Brazlândia destaca o trabalho da Administração e do GDF em prol desta benfeitoria. “Estamos trabalhando diariamente no processo de reforma do balneário. Sabemos a importância deste espaço para a comunidade, e ela pode ter certeza que este governo irá entregar o Balneário revitalizado.” destacou Bolivar Rocha.

A obra é um trabalho conjunto da administração de Brazlândia, Governo do Distrito Federal, Secretaria de Obras, Secretaria de Habitação e o Instituto Brasília Ambiental – IBRAM que emitiu a licença ambiental, obrigatória quando a obra está na área de proteção.

Fonte: Ascom RA-IV

Página inicial